Segunda-feira, 07 de Dezembro de 2015

Desculpa por ter achado que querias o Bruno a levar a tua urna.. Desculpa , se num momento de fraqueza deixei aquele, ordinário... Sem abrigo.., que viveu em minha casa... Na casa que tímida construís-te... Viveu aqui por caridade... Nunca pagou um conta sequer...

E hoje... 15 dias após a tua partida... 8 dias após ele ter saído de casa... Apresenta uma namorada aos filhos.. Quando deve dois meses de pensão de alimentos.. Perdoa-me, levadas, por ter deixado uma coisa...que nem é gente ter tocado na tua urna... Tu sabes o que sinto neste momento,.. Tentei o Meu melhor... Por ti.. Mas enquanto eu pedi Favores... Ele vivia no teu tecto.. Não julgo Ninguém... Não sou nenhuma santa.. Mas ele nunca mereceu... Os teus pensamentos... Os meus filhos vão ficar bem... E vai aparecer a pessoa certa... "Escolhes/te mal" disse/me esta semana alguém que comparo a ti... Escolhi mal.... Muito Mal mesmo... Mas ainda estou de pé... Ainda aguento estas coisas que vejo e oiço... Está na altura de avançar... Ajuda-me... Sei que não devo.... Pedir.. Mas alguém me ajude a trazer/me algo digno de nos... Please daddy...image.jpg

p>


tags:

publicado por maaf às 01:14
mais sobre mim
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO