Sexta-feira, 07 de Agosto de 2015

image.jpg

Chamas-lhes fazer amor

Eu chamo-lhe sexo.

Chamas-lhe relação,

Eu chamo-lhe momentos

E se calhar só estamos a dar nomes diferentes as mesmas coisas...

Não sei o que me reserva o amanhã.

Sei que o hoje foi muito gentil comigo..

Amor, sexo, papoilas nos campos ou a atenção de uma rosa.... O que importam os pormenores? Tudo.

Os planos realizados a risca que tantos anos fiz, e agora me fazem impressão... Não desta forma... É uma forma docemente pecadora de controlar e magnificar um bom momento..

Relação? Não o diria... Mas mesmo com tudo tão planeado, o que não está planeado é sempre o melhor...

Sentir a natureza a volta ( por desconfortável que seja) A vontade de dois corpos se quererem... Não há igual... Só quero que me possuas aqui agora e já.

Quero lá saber se alguém vê... Ninguém vê... Quero lá saber do resto do mundo... Quando as estrelas nos olham e quase acenam a dar consentimento para que sim...

Se queres, faz... Não penses... Diz a minha cabeça a mim mesma... E fiz. Fizemos...

Completas-me fisicamente de uma forma que não consigo explicar... Quando me tocas, não são 14,5v@.... São 220v de pura tensão que tem que ser apaziguada... E quando fazemos amor, eu conheço-te...

Não por falares sem parar... Conheço-te ao ponto de me dar ao luxo de esquecer tudo o que disses-te para poderes repetir mais tarde...

Mas conheço os desejos do meu corpo no teu... O meu corpo que te procura em todos os momentos possíveis... Um amor que não te encontra em palavras lamechas, mas em puro desejo carnal.. Desejo de estares dentro de mim sempre que possível...

Desejo que me faz conhecer-te há séculos... Que me faz querer-te por séculos... Que faz de mim uma adolescente e uma Adulta sabia na mesma palavra...

Amanhã??? Amanhã não sei. Ninguém sabe. Mas hoje. Hoje eu sei que é possível. É possível que as estrelas falem... É possível controlar ciúmes que não podem existir.. É possível ouvir sem querer mandar calar. É possível amar. Mesmo que seja apenas por um momento. Em que o mundo pàra.

E nos não somos relação. Nem momentos.. Nem coisa algumas. O tempo pára para vermos as estrelas e sermos nos...



publicado por maaf às 00:41
Se as estrelas podem falar porque é proibido eu te amor, porque ?
As coisas não acontecem em vão acredita, Bjs Amo te
lamecholandia a 7 de Agosto de 2015 às 13:46

mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO