Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018

0D72EBDF-E951-4B53-9C2C-59EFFD6A826B.jpeg

SEm querer e sem pedir e sem pensar...

 

eis que vem memorias de tempos datados.

 

fizes-te de mim tua filha,

 

mas fizes-te da tua morte quem sou...

adormeci tanto tempo, que nem acredito que ja passaram dois anos e tres meses...

ainda sinto que vou estar contigo quando chegar a casa...

 

ainda choro, por te trazer por te trazer para casa numa ambulancia...

 

a mae perguntou “nao te vais despedir do teu pai?”

 

e eu beijei-te as maos... e pensei “ estou a enterrar o último homem, ja nao se fazem maos assim.”

 

hoje, sinto a tua falta.

Ontem, relembrei uma caminada de espinhos, que nao desejo a ninguem....

 

e neste momento, precisava muito que me dissesses: avança ou deixa-te andar.... que sao coisas bem diferentes para mim...

 

ainda preciso de ti

ainda sinto a tua falta Embora me sinta confusa com o que encontro.. Não tenha a sorte de tropeçar em pedras... Ainda existem mãos de quem sabe trabalhar? Ainda existes neste mundo onde ninguem faz nada??? Puxa pais... this is a mess of a mind... you told me i would get there 10 years ago... "Começamos de novo Temos muito a fazer Não perdi o juízo Podes ver para querer Chega bem mais perto Abraça-me devagar Diz-me tudo o que pensas Vamos recomeçar Ainda naquele dia Por acaso pensei Nas palavras que dizes Que sabem sempre tão bem Fico mais desperto Ao que tenho para ver O coração aguenta Não tenho como ceder Começamos de novo Havemos de lá chegar Faz parte do jogo Ter força para mudar Começamos de novo Havemos de lá chegar Gosto desse teu jeito Desse teu modo de estar Parece tudo perfeito Quando te ouço falar Tens essa pose elegante Que faz um homem querer O teu riso contagiante Não temos tempo a perder Quando me vires a passar Vem à janela e sorri Levanto os braços ao luar Para que te lembres de mim Sou um homem que luta Que consegue parar Sem medalhas ao peito Mas com tanto para dar Começamos de novo Havemos de lá chegar Faz parte do jogo A força para mudar Começamos de novo Havemos de lá chegar Este céu é o limite Os rios correm para o mar Havemos de lá chegar" João Pedro Pais Para ti... Obrigado pela Paciência.... Foi uma piada LOOOOLLL Je t'aime Bond.... José Duarte Bond Havemos de lá chegar 



publicado por maaf às 21:34
mais sobre mim
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO