Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2015

http://youtu.be/GdwMAKsdyio Está a ser mais duro do que pensei... Mas prometo entrar bem positiva no novo ano... Sem ti. Mas contigo no coração. Feliz ano novo.. Manda



publicado por maaf às 17:38
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2015

image.jpg

Ela voltou... E já me sinto mais completa.. E depois de um dia lindo de sol... Chega a chuva... Com uma surpresa fantástica... Que deus de consciência a pessoas que recebem nozes e têm dentes...

Há abraços que nos fazem esquecer tudo... Há abraços que não tem palavras.. Nem Musicas.. Nem sons... Nem toques... E estou a disparar entre as duas bênçãos que tive hoje.. Dois abraços... Tão perfeitos... Tão bons.. Num só dia.. Então aqui, acredito, Deus existe.. Tanta coisa boa num só dia... Um Sol magnífico ao almoço... Um pneu furado... A minha mãe que chega de surpresa... Obrigado aos céus... Obrigado até pelo gelado... Obrigado por mimos que desconheço.. Vamos terminar o ano... Passei uns últimos dias tão bons, que nem imaginei serem possíveis... Momentos... A felicidade é feita de momentos... E isto só entende quem nunca foi feliz. Obrigado... Por tudo... Pela presença. Pela ausência... Pelo carinho.., atrevo-me a dizer, pelo amor que me tens... Paris bem perto... Beijo



publicado por maaf às 00:30
Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2015

image.jpg

image.jpg

Saltei da cama e corri... Trabalhei.. Fiz favores... Fiz visitas.. Por ti... Conheci pela primeira vez... O sr. José... O teu amigo de pesca...e a esposa... Pai.. Ele está tão cansado..

Lembro-me de conhecer a filha deles... Tinha 17 anos e procurava emprego. Foi uma Armanda que me entrevistou. Não deu em nada... Dias depois.. Soube que eras amigo de pesca do Dono da empresa... Na despedida de solteira da Sônia... Conhecia a d. Lurdes ... E fuma aqui.. Fuma ali.. O Meu pai é o sr. José.... O Meu também.. Dizia ela.. Até chegarmos a conclusão que vocês tinham pescado Juntos dias antes... A mãe da d. Lurdes espera-vos com petiscos em casa... O sr. José da d. Lurdes está cansado... Mas vejo nela uma filha tão dedicada.... Como sabes... Ambos estiveram internados ao mesmo tempo que tu... E hoje.. Hoje conheci o teu amigo de pesca e a senhora que vos fazia os pedriscos.. Fora o t

Resto que sabes... Percebi que o sr. José.. Será o primeiro a pescar contigo.... Percebi, novamente... O que é ser filha.. E aguentar ... Deus meu... Eu sei que estás bem.. Mas a Lurdes, não tem sossego... Recebe bem o sr. José... Ele vai em breve... Pai. Foi o meu primeiro natal.. Fora de casa. Sem ti.. Sem a mãe. Mas estou bem, lol O tio Moutinho esteve. Comigo.,, Deu--me prendas.. A mim.. E aos miúdos.. "Foi o vosso avo que mandou dar.." Aquele homem ainda está um farrapo de genge. Parece que te oiço... É a vida... O padeiro Continua a fazer pão todas as madrugadas.., É a Vida...! Passei para a linha da frente... Help me out please. Love you.. Merry Christmas...

R


tags:

publicado por maaf às 01:59
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015

Todas as pessoas têm uma história para contar, todas as vidas dão um romance autentico, um filme emocionante… uma lição para a nossa própria vida! Mas estamos sempre tão interessados na procura de nomes conhecidos nessas peças, livros ou filmes, que esquecemos que os nossos nomes não os mais importantes, porque são os reais, e são eles que dão vida a todo o planeta! Quem melhor que nós mesmo para contar a nossa própria historia. Para os finais felizes já sabemos que temos que acompanhar os nossos filhos nos nossos memoráveis filmes da Disney….

 

Os finais felizes na vida real não têm fim…. Mas vão sendo, dia à dia, o nosso fim…

~

Se achar que ganhar o totoloto é um grande sonho inatingível… criar uma família é um sonho inatingível bem maior! Bem mais difícil. é como disse a um amigo, por trás de uma foto real existem bastidores muito complicados de montar…

 

O tempo faz-nos descobrir coisas engraçadas…  Sempre detestei gatos, mas sempre tive medo de cães, afinal gosto de gatos… sempre me achei muito boa com crianças, e descobri que afinal não tenho assim tanto jeito ou gosto…

Achava que gostava de uma boa história de amor… não gostava de Romeu e Julieta porque acabava mal, gostava de acreditar que somos nós quem faz os finais felizes. Afinal prefiro comédias, se vou estar 90 minutos enfrente à televisão que seja a rir e não a chorar por uma porcaria qualquer…

Não mudei de ideias em relação a nada! Só não dei ao tempo, o devido tempo para me fazer perceber quem eu sou realmente. E de momento, há demasiadas distracções para o descobrir, ou serão estas distracções que me fazem a pouco e pouco descobrir de que matéria sou feita!



publicado por maaf às 16:02
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015

11901749_10204353244105392_1416911547_o.jpg

11874670_10204352971498577_1845957865_o.jpg

 Um Mês.. 

4 semanas que passei a recordar cada dia que foi sendo marcante... 

Agora vou voltar aos dias da semana... As segundas serão apenas segundas, as terças serão apenas terças.... etc... 

Está na hora de deixar de pensar que há quinta feira estou contigo... que na terça foi aquilo, que na quarta foi outra coisa qualquer... 

Vou voltar a saber que dia é da semana, que é mais um dia de luta... mais um dia de vida... para viver... 

 

Não para esquecer, mas para seguir-mos em paz... 

Apesar de ser a semana de Natal... Sinto-me maravilhosamente bem... 

Sei que vamos estar sempre perto... e não importa que dia é... ou que festa é... 

 

Há um mês atras, foi aqui que ficamos felizes e a pescar...

Um caminho feito tantas vezes... e que continuo a fazer... 

Foi aqui que pesquei a minha primeira enguia... sem medo, nem nojo... nem gritos... foi giro...

 

e é assim que quero ficar... com estas memórias, destas viagens, tantas vezes sem destino, que nos levavas a sitios tão marcantes como este... 

 

Passo a passo... um dia de cada vez... e o que sinto vai-se transformando em saudade, mas de uma forma muito saudavel... 

Uma saudade que me faz relembrar tudo o que fizes-te de mim...

Uma saudade que me faz orgulhosa de ser quem sou... o que represento e o que me deixas para ensinar!!! 

 

Always together... Always in my heart... Always close to me.... 

 

See you soon!

 

Manda

 

Faltou uma coisa no post de hoje...

https://youtu.be/Hn0j8UjTfKY

 

Passo a Passo do João Pedro Pais...

A musica que ouvi quando ia a caminho de ti... na nossa ultima penultima quinta feira...

Nós sabemos, que parece que ele escreveu a musica para nós...

Quem perguntar por ti.. eu vou contar o que vives-te...

Fica no teu caminho...

Mas não te esqueças de nós... 

Eu conto tudo o que vives-te.. ou pelo menos, o que sei... beijo...

 



publicado por maaf às 11:28
Domingo, 20 de Dezembro de 2015

Foi uma noite gira.. Foi um dia em grande... Fui fazer o que tinha a fazer está manhã... Vim super zen... Vim super "eu"... Fui trabalhar... Dei o meu melhor... Fui a um jantar de mulheres... Meu deus... Aquilo que vejo, nem pestanejo... Mais uma vez, obrigado por me teres dado a minha independência... Fomos dançar... Foi giro... Além de ter o "espanta gado" por perto... Ainda consegui "brincar"... Não é a palavra certa.. Mas tu entendes... As 4 horas da manhã.. Olhei o relógio... Há 4 semanas atrás estava no pátio... Ainda incrédula... Será que estava tudo a acontecer? Aconteceu mesmo? Aconteceu... Politicamente... Não é correcto ir dançar.. Apenas 4 semanas após a tua partida.. Mas tu sabes o que penso sobre o "politicamente correcto"... As 4 da manhã... Com os pés e o corpo cansados... Olhei para o nosso relógio... Estavas comigo... No meu pensamento... Só disse "obrigado... Gostei muito..." Foram as únicas palavras que disse ao fulano que me distraiu esta noite... Ele sorriu e respondeu "eu também.." Foi a ultima hora... Eu sei que tenho que parar de te escrever.. Mas quero lembrar-me destas coisas... Quero saber o que fiz, como fiz, como arranjei força para ir ultrapassando a tua partida... Nunca fui tão mimada por ti, como agora... Agora que não estás.. Ensinas-te-me a ser de pedra... E tenho sido... Nada mais.. Neste momento tanto me faz sentir mal ou bem, do que a tua falta ou a tua presença... Habituas-me mal... Disse isso tantas vezes, como quem diz "adoro-te"... Mas não havia essa proximidade de sentimentos... Sinto-me num fim.. Mas sei que após um Fim... Há um Começo... Habituas-te-me mal... Porque me explicavas as pressas tudo o que devia ter aprendido... Como não afogar o motor do poço... Como as torneiras... Raio das torneiras... Não me entendo com elas.. Mas também te culpei tantas vezes... "Eu devia ter nascido homem".... E tudo seria mais fácil para mim.. Muita coisa não prestei atenção.... "Ela nunca pousa os pés no chão"... É verdade... Não tenho tempo... Mas arranjei tempo para ti... Mesmo sem por os pés no chão... Agora vou pousa-los... Numa relva fresca... Onde verás uma tatuagem em cada um dos meus pés... As tatuagens que não entendes-te.... "Pedro" no pé direito... "Inês" no pé esquerdo... Não foi à sorte... Tu sabes agora... Nada foi ao acaso... Nem mesmo o velhinho que me apoiava e dizia que tudo ia correr bem contigo... O senhor não sabia das minhas tatuagens, recém feitas, nessa altura... Lol E disse-me "os pés assentes no chão... O caminho é para a frente." Ainda não percebi de onde o senhor me conhece... Mas tenho-lhe todo o respeito.. Porque quando as fiz... E eu não gosto de tatuagens em mim.... Mas Fiz a pensar nisso mesmo... "Força para caminhar em frente". Nada me acontece por acaso... Nem mesmo as lapadas que a vida me da ao mesmo tempo.... Não fui, não sou, nunca serei, a coragem, a vontade, a dedicação, que tu foste... Mesmo isso custando tanta revolta em Mim, durante tantos anos... Agora percebo... Sou mãe. A prioridade é dar-lhes o que precisam... São 6 da manhã... Estou acordada há horas demais... Hoje, antes da meia noite.. As 21h.. Estávamos a pescar... Estaremos sempre num terreno neutro... Contei tudo à mãe... Sei, que quando ela chegar só me vai abraçar... E agora sim.. De consciência tranquila... Farei o que prometi... Eu vou olhar por ela... Ela vai olhar por mim (e eu sou 3)... Vamos fazer o que queres.. Lamento.. Não te ter mostrado o último serviço feito... Mas pai... Aquilo foi tão bom quem bem as portas... Até eu, faria melhor... Mas tu encontras-te a foto que eu apenas imaginei... E assim será... A partir de janeiro... Vou-me agarrar de unhas e dentes. Vou fazer o que tu queres... E agora... Vou dormir. Fica em paz.

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg



publicado por maaf às 05:48
Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2015

6173887_IPVk5.jpeg

There was a bird with me while i sent you away...

well nightmares were wild... But in the morning, i saw you... 

As every single mornings for years...

You were right in front of my window, saying goodmorning...

Today, i knew, it's was "see you soon"...

 

So i did it well... you are on your path...

I know this for sure, because now i have a whole in my heart. Now it hurts, but i knew that it would hurt..

a lot... forever.. 

 

Go on... Love You, Dad!



publicado por maaf às 22:50
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2015

image.jpg

Hoje faz 3 semanas... Que acordei por esta hora agarrada a uma pasta que me deram para as mãos... Condolências... Sentimentos... Lamentamos a sua perda.... Etc... Lembro-me quando te começas-te a despedir de mim, todas as noites... Porque fazias questão de me apertar a mão com força... Nos nunca nos tocávamos... Sempre tão distantes e tão próximos... Eu sei quando soubes-te que ia ser breve... Porque me apertavas a mão, quando vinha embora e tinha que te deixar... Sozinho... Só vi esse aperto de mão a uma pessoa.. Que talvez encontre amanhã. É, pai, amanhã tenho que ir aquele hospital... E Vou tentar encontrar a pessoa a quem apertas-te a mão... Como apertavas a minha... Mas a Essa pessoa, pedis-te "ajude-me, por favor." Não tenho palavras para exprimir o que senti no momento que fizes-te isso... Porque tu.. Tu nunca pedis-te ajuda... Ou pelo menos não dessa forma... Eu vou agradecer tudo o que fizeram Por nos... Foi tudo tão duro... Mas essas palavras tuas.. Foram o mais duro, porque eu desconhecia o medo nos teus olhos, até aquele momento... Ter medo, não é sinal de fraqueza, é sinal que somos apenas humanos... Estou sozinha agora... Não tenho medo... Quem me conhece... Diria que é impossível eu não ter medo de estar sozinha... Na verdade, perdi o medo... Até de ratos, ahahahha... Tu sabes... Medo de que? O pior aconteceu... E mesmo sendo tão mau... Eu tenho que agradecer aos céus.... Esta parte doi. Agradecer algo que me foi tanto... Eu disse que seria como perder as pernas... É pior... Muro de Berlim em cima de mim?? Não sei... Não sei explicar.. Entre a paz de estares em paz e falta que nos vais fazer... Não sei como me Sinto... Hoje no facebook... Apareceu uma frase engraçada... "Quando comeres um fruto, pensa em quem Plantou a árvore".... Eu partilhei... Mas só eu e tu entendemos... Cada vez que um neto nascia, querias plantar uma árvore... Quises-te plantar e plantas-te... Tantas árvores de fruto... E eu ainda nem Fui olhar para elas... Apanhei as tangerinas... Mas a ultima que comi, foi contigo.. Lembras-te? Faz hoje três semanas... Eu não ia tocar-te nunca mais... Mas a mãe disse :"não te vais despedir do teu pai?" E por respeito a ela... Beijei as tuas mãos.. A ultima vez... E pensei: "já não se fazem maos assim..." "Estamos a sepultar um dos últimos HOMENS que existiram...." E, conforme prometi... E tu sabes como sou em relação a funerais... Fiquei contigo "até ao fim".... Até me perguntarem; "podemos começar a cobrir com terra?" Eu olhei, nem sei para quem me fez essa pergunta... E acenei que sim... Fiquei até ao fim. Sei que não devo... Mas foi só há 3 semanas... E já passei por tanto depois disso... Que isto parece irreal... Fica comigo só um Segundo... Aperta-me a mão só mais uma vez...

Ajuda-me a ser firme. Como tu. Je t'aime... "Sabes que gosto muito de ti, não sabes?" Eu sei que sempre soubes-te... A mãe faz-me falta... Mas eu quero que ela esteja bem para superar a saudade que deixas... Perdi-te... E pedi a mãe para fugir um mês.... Oh "levadas".... Estou de joelhos perante o mundo... Pedi a deus que te levasse em paz... E em paz foste... Eu estava lá.. E mãe também... Fazes-me falta.. Chateia-me por causa do computador... Chateia-me porque tenho que tratar das finanças... Chateia-me.. Ralha comigo porque sou tola... Como vou viver sem ti...



publicado por maaf às 20:39
Domingo, 13 de Dezembro de 2015

image.jpg

Quando fiz 28 anos... Verdadeiramente (porque hoje brinquei que fazia 28)... Pedi ao meu pai que me fosse buscar o bolo à pastelaria... Claro que não lhe disse que velas trazer... Parti do princípio que ele saberia.. Quando abri a caixa, ele tinha trazido velas para 24 anos... Eu achei tanta piada... Que lhe disse que foi uma boa prenda... Aos 15 anos, ele dizia-me "aos 20 anos isso passa-te"... Aos 20... Ele mudou para 25... Aos 25 mudou para 30... Penso que aos 28... Ele não querendo errar, "enganou-se" nas velas... Aos 30 não me disse mais nada... Hoje (ontem) fui-te dar os parabéns... Há 34 anos atrás foste pai pela ultima vez... Cristo morreu com 33 anos... Eu...estive "em coma" algumas vezes até aos 32... Mas durante os 33, sinto que morri... Várias vezes... Mas agora.. Sobrevivi à idade da morte de Cristo... E acredito profundamente que os 34 serão um ano de renovação... Libertei todas as amarras... Agora sou eu. Acordada. Sem comas... Sem rede de salvação por baixo... Aceitarei de bom grado o que a vida tem para me dar... Sei que ainda tem muito para mim... Das cinzas, nascem rebentos e eucaliptos tão verdes e jovens... Vai ser um novo ano... Vai ser tudo tão diferente... Mas nesta "liberdade" que os pássaros e pardais... Me apontem sempre o caminho certo...



publicado por maaf às 01:17
Terça-feira, 08 de Dezembro de 2015

Vamos ter com a mãe a França?? Eu não sei se posso passar o natal sem ti e sem ela... Esqueço o dinheiro e arranco? Diz-me amanhã...



publicado por maaf às 01:47
mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

15
16
18
19

22
23
24
26

27
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO